logo
Catarine Martins Sobre Mim
O Le Fashionaire é um destino inspirador onde partilho o meu estilo e a sua constante evolução, os meus segredos de beleza e tudo aquilo que me inspira desde sítios a livros e pessoas. O foco está na partilha de conteúdo atemporal e de alta qualidade, mantendo-me sempre fiel a mim mesma.
About       Contact  

Vamos julgar menos

Le Fashionaire Vamos julgar menos moda inspiracao camisa riscas bordado tucano azul lefties calcas ganga rasgadas zara praia mar ceu azul 2405 PT 805x537

Julgamentos. Nos últimos dias tenho visto e lido, um pouco por toda a parte nas redes sociais, muitas críticas às bloggers (sobretudo de moda) por não falarem da tragédia vivida no passado sábado no incêndio de Pedrogão.

Eu percebo o porquê, claro, mas a verdade é que há incidentes trágicos, alguns até de maior dimensão, todos os dias. E nós cá continuamos nas nossas vidas, um tanto indiferentes. Todos os dias alguém passa por algum acontecimento trágico, seja um acidente ou descobrir uma doença grave num membro da família. E o mundo lá fora continua, impávido, a girar e a rodopiar sobre si mesmo como se nada fosse.
Se isso desculpa alguma coisa? Não. É apenas um facto.

Em vez de perdermos tempo a julgar os outros, devemos focar-nos em nós e naquilo que acreditamos ser o certo.

É claro que num cenário ideal não existiram tragédias. Mas elas existem e há que lidar com isso. E, nem toda a gente encara as coisas da mesma forma. Há quem esteja avassaladoramente devastado mas opte por não deixar transparecer. Há os que se vitimizam por tudo e por nada. Há os mais sensíveis. Há os que colocam tudo o que é apelo no facebook, sem saírem do conforto do sofá. Há os que ajudam, mesmo a sério, mas não querem falar sobre isso.

Enfim, o que estou a tentar dizer é que somos diferentes e, por isso, temos reacções diferentes. O facto de alguém não escrever nada sobre determinada tragédia não significa, necessariamente, descaso ou insensibilidade. E, se é verdadeira a teoria das influencers terem um papel social, não é menos válida a de que para muitas o blogue é um trabalho e segue uma linha editorial rígida.

 

Seja como for, acredito que em vez de perdermos tempo a julgar os outros, devemos focar-nos em nós e naquilo que acreditamos ser o certo. Em vez de estarmos a escrever críticas nas redes sociais, se calhar devíamos canalizar a nossa energia para ajudar alguém. Em suma, fazer o bem sem nos importarmos com o que os outros fazem ou deixam de fazer.

 

Eu sei que criticar, e julgar, faz parte da natureza humana, mas temos cérebro para alguma coisa. Nunca nos vamos conseguir pôr no lugar de outra pessoa em pleno, com todas as suas circunstâncias, por isso vamos pensar menos nos outros e mais em nós. Afinal, também não gostamos quando nos julgam.

 

No fim do dia, cada um tem o tormento da sua própria consciência para lidar.

Le Fashionaire Vamos julgar menos moda inspiracao camisa riscas bordado tucano azul lefties calcas ganga rasgadas zara oculos sol pretos marta celine praia mar ceu azul 2455 PT 805x1208
Le Fashionaire Vamos julgar menos calcas ganga rasgadas zara espadrilhas coco juta soludos lima oculos sol pretos marta celine clutch colorida passaros oysho praia mar ceu azul 2467 PT 805x1208
Le Fashionaire Vamos julgar menos camisa riscas bordado tucano azul lefties calcas ganga rasgadas zara espadrilhas coco juta soludos lima praia mar ceu azul 2434 PT 805x535
Le Fashionaire Vamos julgar menos moda inspiracao camisa riscas bordado tucano azul lefties calcas ganga rasgadas zara praia mar ceu azul 2410 PT 805x1149
Le Fashionaire Vamos julgar menos moda inspiracao espadrilhas coco juta soludos lima praia mar ceu azul 2637 PT 805x537
Le Fashionaire Vamos julgar menos moda inspiracao camisa riscas bordado tucano azul lefties calcas ganga rasgadas zara 2483 PT 805x1208
Camisa: Lefties
Calças: Zara
Alpercatas: Soludos
Clutch: Oysho
Óculos de sol: Céline
1 Comment
  • 2017-06-22

    Passamos demasiado tempo a julgar os outros enquanto poderíamos estar a investir esse mesmo tempo em prol de outros e também em nosso benefício.
    Beijinhos e continuação de um excelente trabalho!

Deixar uma resposta